Receba nossas informações!

O que é a Gestão de Talentos e por que você deve se preocupar com ela?

12 de maio de 2017, às 21:31

Por Felipe Batalha

Gestão de talentos é só mais um termo vago da área de recursos humanos, certo? Errado.

A gestão de talentos é um forte compromisso do RH estratégico em contar com os mais talentosos profissionais do mercado. Esse compromisso surgiu devido à necessidade competitiva de reter equipes de alto desempenho e de identificar potenciais talentos nas organizações.

Portanto ela é uma estratégia integrada e holística de contratar, treinar e reter os colaboradores com melhor desempenho.E para isso atua com uma série de processos que visam proporcionar:

  • Desenvolvimento profissional
  • Avaliação
  • Reconhecimento
  • Ascensão na carreira

gestao-de-talentos

Fonte: Bersin

Por que implementar a gestão de talentos?

Existe uma relação comprovada entre ter melhores talentos e obter melhores resultados do negócio. E as organizações buscam cada vez mais mensurar os retornos dos investimentos (ROI) no capital humano. Para isso  estudos profundos desse impacto dos talentos na performance organizacional foram desenvolvidos. Vejam alguns:

Um estudo em 2007 do Hackett Group descobriu que empresas que se destacam em gerenciar talentos faturam cerca de 15% que seus concorrentes. Isso representa melhoria de resultados financeiros de centenas de milhões de dólares na grandes corporações.

De forma similar, uma pesquisa do McBassi & Co.5 revelou que empresas que possuem melhores indicadores nas cinco categorias do capital humano (práticas de liderança, engajamento dos colaboradores, gestão do conhecimento, gestão da força do trabalho e capacidade de aprendizagem) possuem maiores dividendos por ação e melhor estabilidade – dois objetivos recorrentes dos principais líderes e acionistas.

Qual é a diferença entre a gestão de talentos e o RH tradicional?

Um ponto central que diferencia as organizações que implementam a gestão de talentos das organizações tradicionais é a importância no papel dos gestores e lideres no ciclo de vida do funcionário. Com a gestão de talentos, essa responsabilidade que antes era exclusiva da área de recursos humanos, passa a ser compartilhada.

Além disso, o RH tradicional é focado em processos administrativos, lidando com a folha de pagamentos, regulação trabalhista e benefícios. Enquanto a gestão de talentos é focada em apoiar e desenvolver os colaboradores.

Por fim, a gestão de talentos é estratégica. Normalmente manifestada em um amplo planejamento de longo prazo da organização, fortemente associada aos objetivos de negócio. Enquanto isso, o RH tradicional é mais tático lidando com o gerenciamento do dia a dia das pessoas.

Veja aqui um artigo completo sobre as diferenças entre o RH estratégico e o tradicional.

Quais processos são parte da Gestão de Talentos?

Leia este artigo na íntegra no site Impulse.