Receba nossas informações!

ROI em treinamentos: saiba mensurar de forma eficaz os resultados obtidos

30 de maio de 2016, às 22:03

Por Wagner Campos

É fato que através dos treinamentos é possível desenvolver habilidades e competências de equipes e gestores, além de aumentar a performance, resultados, reduzir custos, melhorar clima organizacional e agilizar processos, entre outras dezenas de benefícios.

No entanto, muitas empresas deixam de investir em treinamento por não saberem mensurar os resultados do mesmo e se o investimento foi viável. Algumas empresas, inclusive, acreditam que os treinamentos devem ser realizados apenas para cumprir uma “tabela” obrigatória, devido à certificação existente ou cobranças. Este tipo de comportamento, além de ser um desperdício de tempo e dinheiro, elimina as forças do RH, que deve atuar de forma estratégica e ter maior poder de decisão no direcionamento dos investimentos em desenvolvimento humano.

Através do ROI (Return On Investiment) em treinamentos, que é considerado o processo mais eficaz para medir os resultados dos investimentos, quando utilizado para mensurar os resultados dos treinamentos, aponta, de forma precisa e eficaz as vantagens e benefícios (ou não) obtidos através dos treinamentos realizados.

Para realizar um ROI em treinamentos, inicialmente deve-se levantar todos os custos diretos e indiretos relacionados com as atividades de treinamento. Informações como: o custo das horas que os colaboradores estarão sendo treinados e não executando suas tarefas, salários dos instrutores (terceirizados ou internos), despesas de locação, alimentação, hospedagem, materiais entre outros custos envolvidos em todo o processo do início ao fim.

Continue lendo!