Receba nossas informações!

Transformando o RH terceirizável em um RH estratégico

16 de janeiro de 2015, às 18:31
Para o RH agregar valor e ser reconhecido como estratégico, é necessário que suas ações sejam orientadas para pessoas e para os resultados organizacionais. A seguir, são apresentadas algumas formas de atuação que poderão potencializar a performance do RH.
A proposta não é criar um manual definitivo sobre “como criar um RH estratégico”, até porque cada empresa vive uma realidade diferente das outras e, o que pode ser estratégico para uma pode ser algo corriqueiro para outra. Um exemplo disso é fazer uma boa gestão de relacionamento com o sindicato da categoria. Em uma empresa pode ser algo comum, enquanto que em outra pode ser algo fortemente orientado para resultados a partir da manutenção do bom clima organizacional.

A idéia é servir como uma reflexão de quais ações, orientadas para pessoas e para negócios, fazem a diferença para o RH. Existem sete atuações essenciais que fazem um RH ser estratégico. Essas ações, praticadas diligentemente, apoiarão a área na busca de agregação de valor. São como se fossem “Os 7 hábitos dos RHs altamente eficazes”:

 Alinhamento de foco estratégico;

 Foco em processos e resultados mensuráveis;

 Gestão de talentos;

 Atuação proativa;

 Desenvolvimento de gestores líderes;

 Foco em projetos de consultoria interna;

 Gestão do clima, cultura e processos de mudança.

Escrito por MARCELO DE ELIAS